Aprenda a tocar teclado

Há muitas pessoas que querem aprender a tocar teclado, mas acham a perspectiva muito assustadora. 

Com tantas teclas para memorizar e trabalhos manuais complexos necessários para tocar música, aprender a tocar o teclado é frequentemente visto como uma tarefa muito difícil, e é por isso que muitos evitam tentar aprender.

No entanto, contrariamente à crença popular, aprender a tocar teclado não é tão difícil, especialmente quando se familiariza com o básico. Só é preciso muito trabalho, tempo e dedicação. 

Além disso, depois de aprender o básico, fica muito mais fácil tocar notas e acordes mais avançados em um teclado.

De fato, aprender a tocar teclado fornece uma base fantástica para outros instrumentos musicais. 

Os fundamentos de tocar o teclado são úteis porque irá te ajudar a tocar outros instrumentos com mais facilidade.

O guia abaixo tem como objetivo fornecer todas as informações necessárias para você aprender o básico sobre como tocar teclado. 

Se você quer aprender a tocar teclado, aqui no site 1001 razões e no nosso canal no YouTube, disponibilizaremos sugestões e materiais que você precisa saber para começar.

Aprendendo tocar em um teclado ou piano – qual é a diferença?

TOCAR TECLADO OU PIANO

Uma grande questão que muitos iniciantes têm antes de começar é se é melhor aprender a tocar em um teclado ou piano. 

Costuma-se pensar que aprender a tocar teclado é muito diferente de um piano acústico, mas os dois são muito parecidos, e pode-se até argumentar que um teclado é melhor para aprender.

Uma das principais razões pelas quais é melhor aprender no teclado, em vez de piano, é a manutenção. 

Um piano acústico consiste em várias cordas internas, e elas precisam ser afinadas regularmente para garantir que o som esteja correto.

Como esse é um processo muito difícil, não é ideal para iniciantes, enquanto um teclado é perfeito para começar. É totalmente digital, portanto não precisa de sintonia, enquanto os vários sons que eles oferecem permitem que você aprenda a tocar estilos diferentes de música.

Além disso, um piano acústico é um instrumento muito caro, sem mencionar grande e volumoso, por isso não vale a pena pagar, a menos que você tenha certeza de que será tocado. 

Enquanto aprender a tocar em um piano acústico de 88 teclas fará de você um tocador melhor a longo prazo, quase todo mundo se beneficia mais aprendendo primeiro com um teclado.

O que você precisa para começar

  1. O TECLADO
TOCAR TECLADO

A coisa mais óbvia que você precisa é de um teclado!

No entanto, lembre-se de que existem vários tipos de teclados disponíveis, incluindo pianos digitais, que combinam aspectos de um piano acústico (com teclas sensitivas) e um teclado (com variedade de sons).

Os pianos digitais vêm com um teclado de 88 teclas , que oferece o melhor alcance, mas isso não é necessário para quem está iniciando.

Um teclado básico deve ser mais que suficiente, desde que possua teclas sensitivas e uma boa variedade de sons agradáveis ao ouvido. 

  1. O ASSENTO

Outro item essencial para acompanhar o teclado é um bom banco de teclado.

Evite a todo custo uma cadeira, principalmente as que tem encostro para o braço. Essas são as verdadeiras inimigas para quem realmente quer aprender a tocar teclado.

Usar um banco ao tocar um teclado garante uma postura correta para evitar tensões ou dores. Também permite movimentos melhores e mais fluidos enquanto você toca ao longo do teclado. 

Embora as cadeiras sejam um bom substituto, elas limitam o movimento ao tocar, mas um banco de teclado é relativamente barato de comprar.

  1. PEDAL DE SUSTENTAÇÃO

Um pedal de sustentação (pedal de sustain) é algo que vale a pena comprar, pois facilita o aprendizado de diferentes tipos de música, permitindo que as notas sejam sustentadas, resultando em um som mais completo ao ser produzido. 

É algo que pode não ser essencial, mas se você encontrar um bom preço para um teclado que inclua um pedal, pode valer a pena investir nele.

  1. FONES DE OUVIDO
TOCAR TECLADO COM FONE DE OUVIDO

Finalmente, os fones de ouvido são uma ótima idéia ao aprender a tocar o teclado. Ele não apenas evita que você incomode os outros quando pratica, mas também permite que você se concentre totalmente na prática, facilitando todo o processo.

ETAPA 1 – POSTURA

Posicionando seu corpo

POSTURA CORRETA PARA TOCAR TECLADO

Um dos princípios mais importantes para aprender o teclado é a sua postura. 

Você precisa estar sentado no centro do teclado, de preferência em um banco de teclado, pois eles foram projetados para fazer você se sentar com a postura adequada para tocar.

Sente-se no banco com os pés posicionados abaixo do teclado e mantenha as solas firmemente no chão. 

Não coloque as pernas muito abaixo do teclado – apenas uma pequena parte dos joelhos fica abaixo dele.

Pratique sentado nesta posição, prestando muita atenção à sua postura e à distância que você está do teclado. 

Uma postura melhor significa tocar melhor, por isso é bom entender isso o mais cedo possível.

Quanto mais distante o tronco do teu corpo ficar das teclas, melhor será o desempenho das mãos. O ideal essa distância em torno de uma palma de mão aberta (15-18 centímetros).

Você precisa estar com as costas retas, ombros relaxados e pés colocados no chão o tempo todo enquanto toca o instrumento.

Note que os bancos para instrumentistas (bateria, piano, teclado, violão, etc) não possuem encosto. Isso é para ajudar o música a manter a postura ereta.

Posicionando suas mãos

MÃO CORRETA PARA TOCAR TECLADO

Antes de colocar as mãos nas teclas, relaxe os braços e as mãos, apoiando-as na coxa da perna por um momento. 

Deixe suas mãos formarem naturalmente uma concha (formato C) com os dedos levemente curvados, depois coloque-as em algum lugar no meio das teclas brancas – verifique se os cotovelos estão posicionados na mesma altura do teclado.

ETAPA 2 – COMPREENDENDO AS TECLAS

Muitos assustam com a quantidade de teclas brancas no teclado, mas elas se resumem em apenas nas 7 notas musicais (DÓ, RÉ, MI, FÁ, SOL, LÁ e SI), exatamente o mesmo que você encontra em um piano.

Essas são consideradas notas naturais, portanto, as notas naturais são representadas pelas teclas brancas.

O que irá nos orientar a localização das notas serão as teclas pretas. As teclas pretas são divididas em 2 conjuntos: 2 teclas pretas seguidas de 3 teclas pretas e sempre antes das 2 teclas pretas encontraremos a nota Dó (conforme a figura ao lado).

Esse conjunto de teclas irão se repetir por toda extenção de teclas do teclado ou piano.

ETAPA 3 – ENTENDENDO AS CIFRAS

Você não precisa aprender a ler partitura para tocar teclado, mas é necessário que saiba que as notas podem ser representadas por letras do alfabeto.

Essas letras com números e sinais formarão símbolos que representam a estrutura harmônica que chamamos de acorde. Cada acorde na harmonia será representado por esses símbolos que chamaremos de cifras.

Parecer difícil esse linguajar, mas iremos facilitar para você. Vamos passo-a-passo agora!

De início, entenda apenas que as notas musicais são representadas pelas 7 primeiras letras (caixa alta) do alfabeto: A, B, C, D, E, F e G. Entretanto vamos iniciar a contagem não pela nota Dó (como fizemos para aprender as notas musicais), mas pela nota Lá.

Então ficará dessa forma:

 Depois de encontrar A, você sabe que as seguintes teclas tocam o restante do alfabeto musical – B, C, D, E, F e G.

Entendendo que cada letra representa uma nota agora podemos usar esse representação para formar um símbolo harmônico que chamamos de ACORDE.

Não vamos entrar em detalhes na estrutura e nomenclatura de cada acorde (o assunto é bastante vasto), mas vamos dizer que ao colocarmos a letra C estamos dizendo que o acorde é de Dó Maior. Se pegamos a letra G, o acorde agora será de Sol Maior.

É claro que as cifras vão ficando mais complexas e outros elementos vão sendo inseridos. Então Dm será Ré menor; Em7 será Mi menor com a sétima, e assim por diante.

Se você ainda não adquiriu nosso Dicionário de Acordes Para Teclado essa é uma excelente hora de obtê-lo.

São mais de 2000 acordes com explicações e desenhos das teclas. Por ser totalmente digital permite você encontrar o acorde a qualquer momento que precisar.

Clique na figura abaixo para conhecer melhor esse incrível material.

DICIONARIO DE TECLADO - PRESENTE

ETAPA 4 – PRATIQUE

Agora a melhor dica é: Prática, prática, prática

RAPAZ TOCANDO TECLADO

Esta é uma afirmação óbvia, mas que vale a pena repetir – pratique o máximo que puder!

Quanto mais tempo dedicado à prática do básico, melhor músico será. 

Mesmo treinando apenas por 30 minutos por dia faz uma enorme diferença no seu desenvolvimento, então esteja pronto para dedicar o tempo!

Pratique todos os aspectos descritos neste guia, trabalhando especialmente nas partes com as quais você luta.

Um bom lugar para começar é memorizar a localização das notas nas teclas brancas. 

Pode demorar um pouco, mas quando você começar a se lembrar deles com mais naturalidade, começará a encontrar tudo muito mais fácil.

Depois disso, comece a trabalhar nas técnicas mais complexas, como tocar escalas e acordes.

Aproveite ao máximo os recursos gratuitos

A era da internet tornou o aprendizado de um instrumento mais fácil do que nunca, com inúmeros recursos incríveis disponíveis online, a maioria dos quais é grátis!

Aproveite ao máximo todos esses recursos gratuitos. O YouTube é um ótimo recurso para aprender a tocar teclado, com inúmeros tutores fantásticos e aulas on-line disponíveis na ponta dos dedos.

E aqui eu indico a você o nosso canal do Youtube, onde oferecemos dicas e conteúdos não somente para teclado com também outros instrumentos, canto e teoria musical.

Pesquise vídeos com técnicas específicas, notas e outras dicas e truques para iniciantes – você aprenderá muito mais em um ritmo mais rápido, para que valha a pena aproveitar.

Verifique também se há aplicativos gratuitos para seu dispositivo móvel ou tablet, pois essa é uma ótima maneira de tornar o aprendizado dos fundamentos fácil e agradável.

Não esqueça a teoria

A parte mais importante da teoria musical para um teclado é a leitura de cifras e posteriormente partituras. 

Agora, isso parece incrivelmente assustador no começo, mas fica muito mais fácil quando você tem uma idéia aproximada do básico, que você já deveria saber.

Verifique on-line gratuitamente partituras de teclado, assista a vídeos e leia artigos explicando como ler os livros de música e tente praticar algumas músicas clássicas para iniciantes para entender melhor a notação musical.

E não se esqueça de entrar no nosso canal no Telegram; lá você terá todas as notificações das nossas aulas, posts, materiais, dicas e muito mais.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Entre-no-telegram.png

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *